Tutorial: Como executar Scripts Python!

Normalmente, todo iniciante aprende a escrever um script Python na linha de comando primeiro, depois move-se para executar o script na linha de comando, na qual o script geralmente é escrito em um editor de texto e é executado depois na linha de comando. Aprenda como executar Scripts Python corretamente.

Acontece que os computadores não conseguem entender o código da maneira que nós humanos escrevemos, por isso, você precisa de um intérprete entre o computador e o código gravado pelo homem. O trabalho do intérprete é converter o código em um formato que os computadores possam entender e processar.

O intérprete processa o código das seguintes maneiras:

1 – Processa o script Python em uma sequência;

2 – Compila o código em um formato de código de bytes, que é uma linguagem de nível inferior, entendida pelos computadores;

3 – Finalmente, uma máquina virtual Python (PVM) entra em cena. O PVM é a potência do tempo de execução do Python. É um processo que itera sobre as instruções do seu código de bytecode de baixo nível para executá-las uma a uma.

Como os scripts, você terá um módulo que chamamos ‘Module’, trata-se de um script Python importado, e geralmente é usado em outro script também Python.

O script Python é salvo com uma extensão .py, que informa ao computador que é um script de programa Python. Ao contrário do Windows, os sistemas operacionais baseados em Unix, como Linux e Mac, vêm com o Python pré-instalado. Além disso, a maneira de como executar scripts Python nos sistemas operacionais Windows e Unix é diferente.

Nota: Para todos os usuários, especialmente usuários do sistema operacional Windows, é altamente recomendável que você instale Anaconda, que pode ser baixado deste site.

O interpretador de linha de comando para Python pode ser acessado nos vários sistemas operacionais das seguintes maneiras:

  • Ativado Windows, a linha de comando é conhecida como prompt de comando, que pode ser acessado clicando no startmenu e procure command prompt. Outra maneira é ir para o Run tipo de caixa de diálogo cmd e pressionar enter ( menu Iniciar −> Run e digite cmd ). Depois disso, se o Python estiver instalado na unidade C, tudo o que você precisará fazer é digitar C: \ python36 \ python.exe , em que python36 é a versão do Python (Nota: esse caminho pode variar com base no diretório em que o Python está instalado e configurado).
Como executar Scripts Python - abrir cmd

Em um Mac o sistema é muito direto. Tudo o que você precisa fazer é abrir Launchpad e procurar e Terminal, no terminal, tipo Python e boom, ele fornecerá uma saída com a versão Python. Veja:

Como executar Scripts Python - abrir cmd no mac

Como o sistema Mac, acessar o terminal em um sistema Linux também é muito fácil. Clique com o botão direito na área de trabalho e clique Terminal e no tipo de terminal Python e pronto! Veja:

executar scripts Python - abrir cmd linux

Nota: Neste tutorial, você aprenderá usando o Terminal Mac OS.

Portanto, sem mais delongas, vamos começar a executar scripts Python corretamente!

Escrevendo o script Python no terminal

Vamos ver como podemos codificar e gerar a saída no próprio terminal. Para fazer isso, primeiro você digitará python3, o que significa que estará usando a versão Python3.

Após o qual você pode codificar normalmente como faria em um editor de texto ou em um IDE (ambiente de desenvolvimento integrado), embora você não obtenha as funcionalidades do terminal como faria com um IDE.

Você começará com o Hello, World! o exemplo sempre-verde e vamos ver como a saída se parece no terminal.

executar scripts Python

Não é legal como basta abrir o terminal e digitar Python3 para codificar em Python? Vamos testar mais alguns exemplos.

executar scripts Python

Uma coisa a ser observada no exemplo acima é que, mesmo sem digitar a instrução print, você conseguiu obter a saída.

Vamos complicar um pouco o código e usar a biblioteca NumPy (Python Numérico) para criar duas matrizes e aplicar algumas operações matemáticas.

Numpy, é uma biblioteca de programação Python que tem a capacidade de lidar com matrizes e matrizes multidimensionais grandes, além de uma extensa coleção de funções matemáticas de alto nível para operar nessas matrizes.

Você pode observar a partir da figura acima que usando numpy; você foi capaz de criar, adicionar e multiplicar duas matrizes numpy dentro do terminal. Uma coisa a observar aqui é que a função numpy multiply faz uma multiplicação por elementos, enquanto a função dot pega o produto escalar de duas matrizes. Para executar o comando np.dot, você precisa garantir que a primeira matriz columns seja igual à da segunda matriz rows e, portanto, a value error.

Executando o .pyscript no Terminal

A execução do script Python a partir do terminal é muito simples; em vez de escrever o script Python no terminal, tudo o que você precisa fazer é usar um editor de texto como o vim, emacs ou notepad ++ e salvá-lo com uma extensão .py. Em seguida, abra o terminal e vá para o diretório em que o código reside e execute o script com uma palavra-chave python seguida pelo nome do script.

executar scripts Python

Para criar o arquivo terminal.py, use vim no terminal com o nome do programa como vim terminal.pye cole o código abaixo nele. Para salvar o código, pressione a tecla esc seguida de wq!. E, finalmente, para executar esse script, basta digitar python3 terminal.py, e em menos de um segundo, você verá a saída como mostrado acima.

A seguir está o código que foi usado no exemplo acima.

import numpy as np

x = np.array([[1,2],[3,4]], dtype=np.float64)
y = np.array([[5,6],[7,8]], dtype=np.float64)

# Elementwise sum; both produce the array
# [[ 6.0  8.0]
#  [10.0 12.0]]
print("Output of adding x and y with a '+' operator:",x + y)
print("Output of adding x and y using 'numpy.add':",np.add(x, y))

# Elementwise difference; both produce the array
# [[-4.0 -4.0]
#  [-4.0 -4.0]]
print("Output of subtracting x and y with a '-' operator:",x - y)
print("Output of subtracting x and y using 'numpy.subtract':",np.subtract(x, y))

# Elementwise product; both produce the array
# [[ 5.0 12.0]
#  [21.0 32.0]]
print("Output of elementwise product of x and y with a '*' operator:",x * y)
print("Output of element wise product of x and y using 'numpy.multiply':",np.multiply(x, y))

# Elementwise division; both produce the array
# [[ 0.2         0.33333333]
#  [ 0.42857143  0.5       ]]
print("Output of elementwise division x and y with a '/' operator:",x / y)
print("Output of elementwise division x and y using 'numpy.divide':",np.divide(x, y))

# Elementwise square root; produces the array
# [[ 1.          1.41421356]
#  [ 1.73205081  2.        ]]
print("Output of elementwise square root x using 'numpy.sqrt':",np.sqrt(x))

Output of adding x and y with a '+' operator: [[ 6.  8.]
 [10. 12.]]
Output of adding x and y using 'numpy.add': [[ 6.  8.]
 [10. 12.]]
Output of subtracting x and y with a '-' operator: [[-4. -4.]
 [-4. -4.]]
Output of subtracting x and y using 'numpy.subtract': [[-4. -4.]
 [-4. -4.]]
Output of elementwise product of x and y with a '*' operator: [[ 5. 12.]
 [21. 32.]]
Output of element wise product of x and y using 'numpy.multiply': [[ 5. 12.]
 [21. 32.]]
Output of elementwise division x and y with a '/' operator: [[0.2        0.33333333]
 [0.42857143 0.5       ]]
Output of elementwise division x and y using 'numpy.divide': [[0.2        0.33333333]
 [0.42857143 0.5       ]]
Output of elementwise square root x using 'numpy.sqrt': [[1.         1.41421356]
 [1.73205081 2.        ]]

Passando argumentos da linha de comando para o script Python

Os argumentos da linha de comando tornam a vida muito mais fácil, deixando o código pronto para produção. Torna a reprodutibilidade da saída do código eficiente.

Por exemplo, digamos que seu código tenha muitas entradas ou arquivos de usuário que estão sendo lidos, usando argumentos de linha de comando, você não precisará entrar no código para fazer todas essas alterações, caso precise alterar o nome do arquivo ou uma entrada variável.

Para fazer isso, você fará uso do módulo sys, que é um módulo Python embutido. Dentro do sys, você tem o argv que fornece a lista de argumentos da linha de comando passados ​​para o programa Python. sys.argv lê os argumentos da linha de comando como uma lista de itens em que o primeiro item / elemento dessa lista pode ser acessado como sys.argv[1] enquanto o primeiro argumento, ou seja, sys.argv[0] sempre é o nome do programa como foi chamado.

Vamos dar um exemplo simples e ver como funciona.

Nota: O argumento da linha de comando é lido pelo Python string, portanto, converta-o como integer no caso de você estar lidando com números.

Assim como no exemplo anterior, salve as linhas de código abaixo em um editor command_line.py e execute o tipo de código em python3 command_line.py 10 que 10 é o argumento da linha de comando.

import sys
num = sys.argv[1]
for i in range(int(num)):
    print (i)

E se você não fornecer nenhum argumento de linha de comando?

Você receberá um erro list index out of range que também reforça a leitura sys.argv como uma lista de itens. Para evitar esses erros, você precisa exceptional handling que estar fora do escopo deste tutorial.

Escrevendo a saída do script Python em um arquivo

Por fim, como bônus, vamos ver como você pode salvar a saída do script Python em um arquivo txt usando a chave > .

Você primeiro criará uma pasta cli e moverá o código command_line.py na pasta cli. Em seguida, você verificará o que há nessa pasta para garantir que não exista nenhum arquivo txt.

Então, você digitará python3 command_line.py 10 > output.txt e, finalmente, verificará o conteúdo da pasta cli. Agora, você poderá ver o arquivo output.txt.

Vamos abrir e ver o conteúdo do arquivo output.txt.

UAL! A partir da saída acima, você pode ver que os dígitos 0-9 foram gravados em um arquivo de texto usando apenas um sinal >.

Executar scripts Python – Conclusão

Parabéns por terminar de ler o tutorial até o fim.

Ainda há muito a ser explorado, como a execução baseada em GUI no Python, executando scripts do Python interativamente, executando scripts de um gerenciador de arquivos ou de um IDE. Para a execução da linha de comando, você pode experimentar no Windows command prompt e ver como ele é diferente de um sistema operacional baseado em Unix.

Sinta-se à vontade para fazer qualquer pergunta relacionada a este tutorial sobre como executar scripts Python na seção de comentários abaixo. Se você está apenas começando no Python e gostaria de aprender mais, não deixe de conferir os nossos conteúdos, a cada semana uma novidade!

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
imprimir
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

O que achou deste artigo?

Leia também